em
Problemas com Ajax e Quirks mode

Problemas com Ajax e Quirks mode

Quirksmode vs. StrictMode

Primeiramente, vamos entender rapidamente o que significa o modo Quirksmode e o modo StrictMode: Para que nosso código escrito de acordo com a documentação do W3C, funcione adequadamente, os browsers devem interpretá-lo como diz o W3C, e para isso você deve fazer com que os browsers funcionem em modo Strict.

Para isso, basta você escrever um doctype válido, como esse (junto ao início do documento, antes de qualquer coisa):


<!DOCTYPE html PUBLIC "-//W3C//DTD XHTML 1.0 Strict//EN"
“http://www.w3.org/TR/xhtml1/DTD/xhtml1-strict.dtd”>
<html xmlns=” http://www.w3.org/1999/xhtml” lang=”pt-br” xml:lang=”pt-br”>

Dessa maneira o browser assumirá que deve interpretar o código de acordo com as regras do W3C, assegurando-se (dentro do possível), que tudo funcione e acordo com a documentação. Por outro lado, não desenvolvendo dentro dos padrões, o browser assumirá que seu código é da época de antes dos padrões web, e por isso colocará o site em QuirksMode(modo raro), que é mais ou menos a mesma forma de que o Internet Explorer 4 interpretaria sua página, deixando inuilizado tudo aquilo que você aprendeu de acordo com o W3C.

Com base nisso, abaixo você verá uma série de limitações em Ajax sob o modo QuirksMode:

Browser básico em QuirksMode e suas limitações

  • XMLHttpRequest não permite acessar servidores remotos.
  • Múltiplas requisições Ajax não se executam em ordem.
  • As respostas asíncronas XMLHTTP não são recebidas em ordem.
  • XMLHTTPRequest não requer que se use XML.
  • Ajax usa UTF-8.
  • Requisições Ajax são url encodadas.
  • XMLHTTPRequest não permite enviar arquivos.

Firefox em Quirksmode

  • Pedidos XMLHTTP asíncronos estão protegidos.

IE em Quirksmode

  • XMLHTTPRequest não se pode reusar.
  • IE não usa imagens cacheadas quando Javascript insere HTML com imagens.
  • As referências circulares fazem com que a memória do IE se corrompa.
  • Evita o cacheamento agressivo no IE.
  • IE corrompe os arquivos javascript comprimidos com gzip.
  • Não são cacheados arquivos javascript comprimidos com gzip.

Você pode obter mais informações visitando o Wiki criado pelo site Swik.net.

Adaptação do aritigo de: Anieto2K.

Comentários

  1. Legal o post, responde muita coisa do que acontece por aí.

    por Daniel Accorsi Responder
  2. show

    por Allan Responder
  3. Excelente!

    por Leonardo L Procópio — Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>