em
Dicas profissionais para os iniciantes em web

Dicas profissionais para os iniciantes em web

Hoje eu vou mudar um pouco o foco, e vou citar algumas coisas que podem ajudar àqueles que estão iniciando no mercado web hoje!

Você, que está tendo os seus primeiros contatos com programas, com linguagens de programação, com editores de imagens e está começando a trilhar um caminho na web, com certeza vai sentir certas dificuldades que todos nós um dia já passamos, e se bobear, passamos até hoje!

Como sempre deixo claro, isso não tende a ser uma “cartilha” a ser seguida, e sim, a ser uma ferramenta mental para que você pense um pouco antes de realizar determinada tarefa ou seguir determinado caminho!

Encontre seu estilo

Encontre seu estilo

Nada mais frustrante do que um “copião”! É isso mesmo!

Você que está começando agora, precisa encontrar aquilo que gosta mais de fazer. Trabalhar, como a maior parte da população, não é algo prazeroso! Portanto, procure se dedicar àquilo que gosta e que se sinta a vontade de aprender.

Gosta de programação? Vá atrás de se aperfeiçoar, de buscar tutoriais e ajuda em Fóruns para tirar suas primeiras dúvidas em relação à determinada linguagem de programação!

ASP é melhor do que PHP? Para você, pode ser que JAVA lhe traga maior conforto para programar! Isso vai muito das pessoas, e não do que os outros dizem ser ou não melhor! Tudo tem sua aplicabilidade, e cabe a você descobrir aquilo que lhe é mais fácil ou mais confortável em fazer!

Da mesma maneira, que você pode gostar de design e começar a trabalhar com layouts para web! Pode ser que você se dê melhor criando logos para clientes, ou criando telas para um site! E vice-versa! Tudo vai daquilo que você melhor se sente fazendo, e sempre lembrando um ponto muito importante: NÃO EXISTEM COISAS PERFEITAS!

Haverá clientes que não gostarão de nenhum trabalho teu, assim como haverá outros que vão amar! E isso você precisa aprender desde cedo! Você não vai agradar a todos, e pense assim: “Eu não estava preparado para atender determinadas expectativas! Não sou ruim! Apenas não atendi!”. Isso não é o fim do mundo!

Lidar bem com fracassos é um grande passo para o seu crescimento profissional, e a experiência te eleva a um nível superior!

Inspire-se

Inspire-se

Sabe aquele dia que parece que nada sai do jeito que você quer? Nós, que trabalhamos há certo tempo nesse ramo, passamos por isso constantemente!

Trabalhamos com criatividade, e isso não é algo que aprendemos na escola ou na faculdade. Isso vem de dentro da gente, por mais estranho que possa soar. Ninguém pode se pressionar ou sentir-se pressionado por não conseguir ser criativo em determinados momentos!

Nós precisamos de cabeça fria, bom humor, uma noite bem dormida, um objetivo alcançado para que possamos nos motivar, e dizer: “Beleza, hoje eu vou criar!”.

Se lhe falta inspiração durante o dia, procure algo que te inspire! Veja algum site que você goste, seja ele sobre música ou humor, seja aquele vídeo daquela banda que você gosta aquele som que te faz bem! Procure algo que acenda aquela sua veia artística e que te faça ter um “plim” para criar!

Veja aquele site com tutoriais, com layouts prontos para lhe inspirar!

E lembre-se também: não se cobre se hoje, não sair nada. Quanto mais encanado, menor será sua produtividade!

Agência ou Freelancer?

Agência ou Freelancer?

Uma das grandes perguntas que a turma que está iniciando faz é essa: “Devo trabalhar em uma agência web ou devo trabalhar como Freelancer?”!

Aí vai depender do que você procura! Ambas tem pontos positivos e negativos! Trabalhando em uma agência, você teria, em teoria, suporte dos programadores e/ou designers mais experientes e poderia pegar grandes macetes ou sacadas com os mesmos! Em contrapartida, trabalhando como Freelancer, você poderá se dedicar àquilo em que melhor se encaixa, e se tornar realmente bom naquilo que você gosta de fazer! Porém, sem a ajuda de pessoas mais experientes! A não ser que tenha um bom relacionamento em Fóruns de Discussão ou a amizade de outros profissionais como você!

Uma coisa que eu sinceramente acho “pequena” por parte de determinadas pessoas, é ter o conhecimento e não passá-lo à frente, por receio que você se torne melhor do que ele! Eu acho que isso é mérito de que é melhor do que eu!

Eu poderia nunca escrever nada ou gravar vídeo aulas, mas eu gosto de passar conhecimento para frente, e eu tenho certeza (Deus queira que eu esteja certo! rs) que quando eu morrer, não vou criar sites onde quer que eu vá!

Mas voltando ao tópico, essa é apenas uma das grandes diferenças entre Agência e Freelancer. Como Freelancer, você cria seus horários, sua rotina, e o que deseja vender aos seus clientes. Em uma Agência, você tem horário fixo, trabalho pré-determinado e um “chefe”. Sendo Freelancer, às vezes, você tem dúzias de “chefes”, pois cada cliente tem uma necessidade, uma urgência e estilo de tratá-lo!

Trace metas que consiga alcançar

Trace metas que consiga alcançar

Tenha objetivos em sua vida profissional que você sabe que pode alcançá-los! Fazer um curso em uma escola renomada, participar de um encontro com aquele profissional que admira, fazer uma viagem com a grana que ganhou trabalhando, são algumas coisas que podem lhe motivar e trazer excelentes resultados! E uma coisa importante que aprendi no decorrer da vida: Não espere que as pessoas pensem como você! Isso não vai rolar!

Não crie falsas expectativas, ou metas inalcançáveis, tais como: “Vou fazer 1 milhão de reais em um ano!”. Se você conseguir fazer, compartilhe com esse humilde profissional que lhe escreve a receita para isso!

Metas que não são claras, ou são absurdas, têm uma única finalidade: frustrar a pessoa!

Portanto, não tente trabalhar com aquilo que não gosta, apenas porque a remuneração é um pouco maior! Você vai fazer o que não gosta, vai trabalhar com aquilo que detesta mexer, e não será feliz com esse cenário, e como eu disse acima, nossa inspiração vem de nosso estado de espírito!

Se você não está contente com aquilo que faz, isso vai refletir e muito no seu serviço, já que trabalhamos com criatividade e inspiração! Trabalhamos com a venda de sonhos e isso precisa ser uma coisa boa! Nós precisamos de coisas boas, coisas bonitas para nos inspirar, e metas para que possamos chegar a esses objetivos de maneira sadia, de cabeça fria e no final das contas, dizer que: “Eu consegui!”

Conclusão

Treine, questione-se, pense. Realize, estude, se aperfeiçoe. Tenha em mente que precisa melhorar. Melhore. Ajude. Motive. Reze. Tenha fé de que se hoje foi um dia ruim, amanhã será melhor! Nada é 100% inútil. Ainda pode servir como mau exemplo!

Erre. Se corrija. Se permita errar. Cresça com erros. Comemore vitórias. Tente. Arrisque. Faça contatos. Tenha uma rede de amizades forte.

Você que está começando, precisa ter isso em mente. Nada é fácil e nenhum cliente vai cair do céu pedindo para que você crie algo para ele!

Apareça. Sempre e muito. E muito bem!

Comentários

  1. Os fracassos são necessários para podermos evoluir, são eles que nos tornam mais fortes. E outra…nem Deus agradou todo mundo. Nossa obrigação é sempre tentar fazer bem feito e se nos empenhamos, não importa o que digam, você saberá que foi um bom trabalho ;)

    por Isabella Felix Responder
  2. Exatamente Isabella!

    Concordo plenamente com o que disse! Fracassos são interessantes até mesmo para te fazer pensar que “sua zona de conforto” não é tão confortável quanto achava…

    Abraços! Fica com Deus!

    Até mais!

    por André Buzzo Responder
  3. Boa tarde, Andre! Parabéns pelo seu texto. Eu sou novo na área e com certeza tudo que escreveu é de extrema importância. O mais engraçado é saber que tudo que escreveu foi porque passou por isso. E é exatamente como me sinto hoje. Muito bacana a partilha de sua experiência. Obrigado por isso. A melhor forma que tenho de agradecê-lo é orando por você e sua família. Valeu amigo!

    por Eduardo Ferreira — Responder
  4. Olá André, belo post!
    Obrigado por compartilhar a informação!
    Concordo com seus argumentos! Experiência de um profissional é construída além da técnica! Podemos aprender e muito com os relacionamentos e com nossas formas de ‘ ler ‘ o mundo! =)

    por Alessandro Guimarães Responder
    1. É isso aí Alessandro!!

      A experiência vem mais das coisas “ruins” do que das boas… pode ter certeza!! rsrs

      Abraços!

      por André Buzzo Responder
  5. Obrigado Eduardo!

    E tudo o que posso lhe desejar, é muita sorte e sucesso!

    Fico feliz por ter-lhe agradado o conteúdo!

    Abraços!

    por André Buzzo Responder
  6. Excelente! Gostei muito das suas dicas. Comecei recentemente no mundo da programação e do design e, depois que li a sua postagem, me senti mais motivado.

    Parabéns!

    Abraços e sucesso.

    Bruno César Bulnes.

    por Bruno César Bulnes Responder
    1. Valeu Compadre!!

      Boa sorte pra você!!

      Abraços!

      por André Buzzo Responder
  7. Você gosta mesmo daquilo que faz! O artigo como foi escrito mostrou isso mesmo.

    Valeu André Buzzo.. legal..:P

    por Trambulhao — Responder
    1. Valeu Trambulhão!!!!

      Abraços meu velho!!

      Até mais.

      por André Buzzo Responder
  8. Sem esquecer tb de testar em todos os browsers antes de entregar um site final.

    Tem um site legal que junta todos as últimas versões dos browsers em uma página só.

    http://www.naveguetranquilo.com.br

    por Mauricio — Responder
    1. Fala Maurício!

      Tem esse também que serve para testar a resoluação de diversos monitores:

      http://www.infobyip.com/testwebsiteresolution.php

      Esse então, é completasso! Mostra a aparência do seu projeto em qualquer navegador:

      http://browsershots.org/

      Abraços!

      por André Buzzo Responder
  9. Ótimo artigo André, isso pode ajudar a chutar muitas pedras do caminho de muitos iniciantes =D

    Abraço.

    por Anderson Juhasc Responder
    1. Fala Anderson!

      Valeu meu velho … e se realmente ajudar a remover as pedras do caminho, consegui atingir meu objetivo!!! rs

      Abraços!

      por André Buzzo Responder
  10. Muito bom o post, isso me faz refletir em tudo que já passei nessa área e ainda passo no meu dia-a-dia, mas a coisa mais importante é fazer o que gosta estar bem com sua vida profissional.

    por Tiago Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>