em
Confesso: Minha vida virou o caos sem jQuery

Confesso: Minha vida virou o caos sem jQuery

JavaScript Man

Todo mundo sabe que é legal utilizar jQuery, ele agiliza e ajuda muito no desenvolvimento web, mas será que ele é necessário pra tudo mesmo?

Após eu ter entrado na Locaweb, me policiei a tentar desenvolver mais as coisas sem a utilização de Frameworks, e confesso, minha vida virou o caos em jQuery. Se antes você tinha tudo ali pronto centralizado em um Framework e depois quer fazer as coisas do zero com JavaScript, é complicado.

A popularidade do jQuery deu-se devido a você escrever menos código e ainda sim esse ser compatível com browsers antigos. Que legal, por que então eu largaria dele? Horas, cada vez mais eu vejo gente querendo fazer coisas simples com jQuery, que seria resolvido de uma forma simples com JavaScript puro. Já vi até plugin de show/hide com jQuery. No momento que escrevo esse post recebi uma mensagem no Facebook de um camarada querendo um plugin jQuery para fazer um menu drop-down.

Meu amigo, será que você precisa de tudo isso mesmo? Carregar mais de 80 KB de JavaScript para simplesmente isso. Se ele tivesse procurado no Google teria achado esse tutorial do Maujor.

Aí vem a pessoa e fala, mas eu não tenho tempo pra desenvolver com JavaScript puro, eu te digo, quando você quer sobra tempo pra fazer tudo aquilo que você deseja. Eu mesmo quando tenho um tempo sobrando procuro brincar com VanillaJS, a prova disso está no meu Github.

Já desenvolvi soluções para mostrar updates do Twitter com JavaScript puro, Accordion, um script para fazer Lazy loading de botões de redes sociais e outros experimentos com a API do Flickr.

Acho que se pegarmos os arquivos JavaScript de todos esses repositórios e somarmos não chega ao tamanho do jQuery. O conselho que eu dou, procure ficar menos dependente de jQuery, procure fazer as coisas simples com JavaScript puro ou sem a utilização de Frameworks. Sim, eles agilizam no desenvolvimento mas nem sempre são a solução pra tudo.

Comentários

  1. Concordo com seu ponto de vista pois existem diversos momentos em que devido a falta de ‘tempo’ ou conhecimento não há como pensar de forma mais simples para criação de nossas aplicações.

    Let me be more clear: Não adianta você ter uma serra elétrica parruda para fazer um simples corte em um galho de árvore, um machado apenas bastava.

    Por isso vejo em diversas vagas as pessoas pedindo: Saiba JS ao invés de jQuery, saiba Ruby ao invés de Rails, assim como Python ao invés de Django. Tem que saber bem a base para saber utilizar corretamente as ferramentas disponíveis, jQuery é maravilhoso, fez uma enorme revolução no desenvolvimento web em JS, porém o mundo não gira em torno dele.

    por Eric Hideki Responder
  2. É um bom conselho! :-)

    por Tárcio Zemel Responder
  3. É mano se vc estiver programando para alguem com a conexao de 56k vai fazer muita diferença usar javascript puro e usar jQuery.

    Agora se for banda larga acima de 1mb nao faz diferença.

    por desen — Responder
    1. Como não faz diferença?

      por Pedro Rogério Responder
  4. Pingback: imgur Upload API » Pinceladas da Web - HTML5 Hard Coding and Bullet Proof CSS

  5. Utilizar jquery realmente sai um pouco pesado para coisas simples, mas até mesmo quando se utilizar jquery, vc também utiliza javascript puro, seja em um if, em um for, ou utilizando array de dados.

    recentemente criei um plugin jquery para fazer um mosaico de imagens sem buracos. o jquery foi bastante utilizado para animações, enquanto a parte pesada ficou no js puro para poder fazer a lógica do mosaico. utilizei array, for, seletores do jquery para pegar as listas do documentos e os animates do jquery … javascript é um mundo sem volta, o jquery e o ponto divertido de brincar com js ^^

    curti o post meu camarada … parabéns, blog sempre com postagens maneiras!
    Continue assim, sucesso pra vc!

    por alexandremattos Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>