em
personas

Proto-persona: A persona rápida e eficiente

No mês passado na Caelum estava conversando com o time da Alura sobre quais features podiamos criar. No meio dessa conversa surgiram os seguintes questionamentos:

  • “Mas o usuário não vai usar essa feature?.”
  • “Isso é muito complicado para o usuário.”
  • “Se essa feature for implementada, o usuário irá ficar perdido.”

Realmente não estavamos entrando em acordo sobre quais eram as melhores features para o usuário do Alura. Após 40 minutos de conversa resolvemos parar e marcar um Gamestorming (reunião) pra levantar e priorizar as novas features pro Alura.

Escolhi utilizar o método do Paulo Caroli para levantar e priorizar features em time, apontado no livro Direto ao Ponto. Recentemente eu escrevi um post no blog da Caelum sobre Como levantar e priorizar Features com seu time que apresenta o método do Caroli com 2 ou 3 adaptações que adicionamos.

Dentro do método criado pelo Caroli, nós precisamos dos usuários que utilizam o sistema. Foi nesse momento que eu percebi que estavamos falhando bravamente na nossa conversa por não ter uma definição clara de quais são os usuários do Alura. Ou seja, antes de marcar o Gamestorming eu peguei os dados dos usuários do Alura e desenvolvi as proto-personas.

O que é proto-persona?

É um protótipo de uma persona. Ou seja é um persona com pouca validação e com um custo baixo de criação.
No desenvolvimento de uma persona nos precisamos realizar muitas pesquisas com o usuário final do produto ou da empresa que estamos analisando. Isso torna o custo de desenvolvimento da persona muito alta e é um dos maiores impeditivos pra criação da mesma. Com proto-persona nós temos uma ideia de direcionamento de quem é o usuário do produto ou empresa sem a necessidade de muitas pesquisas, isso torna a proto-persona mais viável por ter um custo baixo, além de ser muito mais rápida de ser desenvolvida.

Como criar um proto-persona?

No Alura nós conseguimos os dados demográficos dando uma olhada na base dados dos alunos. Pra coletar dados relacionados a comportamento, utilizamos dados do Google Analytics e Heatmaps. Apenas com essas informações já da pra criar a sua proto-persona relacionada ao seu produto ou empresa.

Mas se formos criar uma proto-persona de um produto ou empresa que está começando no mercado, nesse caso não vamos conseguir coletar dados como fizemos no Alura.
A primeira coisa que podemos fazer e realizar um pesquisa de mercado, entrevistando possíveis usuário do produto ou empresa com base em algum corte, podendo ser o corte do público alvo, idade, classe social entre outras coisas. Se você tiver dinheiro e tempo pra realizar essa pesquisa é um caminho ótimo, dependendo da quantidade de pesquisas, você nem precisa desenvolver uma proto-persona, pode partir direto para a persona.

Quando estou em um projeto que não tem tempo e nem um bom dinheiro pra gastar com pesquisa, eu faço o Gamestorming – Pesquisa feliz e rápida com o nosso conhecimento.

O que é e como é um Gamestorming?

O Gamestorming é um ferramenta criada pra facilitar o andamento de uma reunião ou dinâmica, a estrutura é dividida em objetivo, regras, ambiente e um passo a passo.

  • Objetivo é onde queremos chegar com a reunião ou dinâmica;
  • Regras são o que podemos ou não fazer na reunião ou dinâmica;
  • Ambiente é qualquer coisa que precisamos para a reunião ou dinâmica acontecer, por exemplo: projeto, canetinhas, post-it e por ai vai;
  • Passo a passo como a reunião ou dinâmica vai começar, o que vai acontecer no meio e como será finalizada.

Pronto. Agora que temos um ideia de como funciona um gamestorming podemos partir pra um.

Gamestorming – Pesquisa feliz e rápida com nosso conhecimento

Objetivo

Coletar dados demográficos e de comportamento de um possível usuário do produto ou empresa que estamos analisando.

Regras

Obs. é importante você dar um olhada quais regras são necessárias pro seu time e se estiver faltando alguma regra que você acha bacana só adicionar. :-)

  • Duração de 30 minutos;
  • Mínimo de 5 participantes e máximo de 10;
  • Se alguém não se sentir útil na dinâmica pode se retirar sem problemas;
  • Não discutir coisas paralelas;
  • Não trazer notebook pra reunião. Ele não será necessário;
  • Sem celular a não ser que você tenha uma mulher grávida ou alguém doente na família;

Ambiente

  • Muitos post-its
  • Canetinhas a vontade

Passo a passo

  • Cada participante pensa em um pessoa que ele conhece que pode ser usuário do produto ou empresa;
  • Coloca dados demográficos (Idade, localização, formação, trabalho e qualquer outra coisa que você conseguir pensar), um valor por post-it;
  • Levante dados de comportamento (gosto musical, se gosta de ler, quais esportes a pessoa gosta e qualquer outra coisa que você consiga lembrar), lembre-se de colocar um comportamento por post-it;
  • Pense nas necessidades e objetivos da pessoas. É bacana se um objetivo ou necessidade esteja relacionado ao produto ou empresa.

Assim que todas os participantes terminarem de coletar os dados dos possíveis usuários, o próximo passo é analisar os dados e localizar os padrões entre os usuários. Pra analisar os dados é uma boa colocar todos os post-its em um parede e deixar os com valores similares os iguais agrupados.

Agora que temos uma ideia dos padrões dos usuários, basta desenhar a persona em uma folha A3 e deixar um lugar visível pro time do projeto ou empresa que você está trabalhando.

Exemplo de proto-persona

O que vocês acharam da proto-persona?
Vocês utilizariam ou utilizam proto-persona em um projeto?

Comentários

  1. Parabéns pelo artigo. Achei muito bacana essa proposta. Consegui definir um “persona” em 30 min deve ser massa para o custo do projeto. Os resultados foram satisfatórios? Você conseguiu comparar com algum outro projeto que você utilizou o persona em si, ao invés do protopersona?

    por Augusto Pimenta — Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>